quinta-feira, 9 de abril de 2009

Para quando..?

Cada vez mais ouço falar de quando será a melhor altura para ter um bebé. Cada vez mais acho que não existe a altura certa, quer para o primeiro quer para o segundo, terceiro... Parece-me que por vezes as pessoas pensam demais depois ficam "encalhadas" na quantidade de prós e contras com que se deparam e os meses, anos vão passando. A decisão de se ter um filho não é nada facil, um bebé altera completamente as nossas vidas, transforma-as e nunca mais somos os mesmos.
Com o segundo filho já não é tão drámatico, as mudanças são menores.. Como diz uma senhora muito sábia: "quem cria um cria dois" ou três acrescento eu. Na minha opinião a vida é mais facil quando se tem irmãos para a partilhar. Não tenho nada contra os filhos unicos mas parece-me que as crianças com irmãos são mais felizes e mais saudaveis do ponto de vista do desenvolvimento emocional e não só.
Bem, esta conversa é para dizer que o nosso segundo bebé já está encomendado e a caminho!

4 comentários:

Mamã da Nini disse...

Fico muito feliz por vocês!
Muitos, muitos parabéns!
Eu também acho que um irmão é o melhor presente que se pode dar a um filho.
Tudo de bom.
Beijinhos

Susana Happy Days disse...

PARABÉNS!!!

Ai nem imaginas como fiquei FELIZ!!! Volto a ter à minha volta imensas grávidas... ;)

Beijinhos e muitas FELICIDADES

Guida disse...

Isso é muito bom PaRABÉNS... Como sabes os meus fazem diferença de 11 meses quando o António nasceu o Tiago era um Bébé...mas agora vejo que foi bom para os dois...brincam, trocam as coisas...tambem se batem muito mas acho que se desenvolvem mais...tambem há uma frase que foi a que me disseram a mim...um filho tras sempre um pão na boca....por isso quem da a um da a dois...ou cmo tu acrescentas e muito bem....a tres...
eu ando a pensar nisso...mas vou esperar que o tiago entre para a primaria...e bora lá ao 3º (espereo que saia menina!!!)

beijo
Guida

Rita disse...

:) Que boas notícias!
Concordo que não vale a pena pensar demais...

Muitas felicidades!
Beijinhos